sexta-feira, 1 de julho de 2011

...................................................A INGRATIDÃO.....................

Nada dói mais no doador do que a ingratidão do donatário! (Gerfreire)

2 comentários:

Eneida disse...

Vou retrucar!
Dói realmente a ingratidão do donatário, mas há que se doar sem esperar retorno algum, nem mesmo gratidão,embora seja difícil tamanha abdicação.
Doação é ato de desprendimento total.
Ou ao menos deveria ser, embora sejamos humanos! :)
Abraço!

Germínio disse...

Eneida, a retrucagem, segundo o filósofo francês O.Gerard, " é o sal do pensamento!" Ela serve para aprofundar nossas ideias.
Veja bem: conheço um caso de um doador que, no dia seguinte à doação, foi expulso de sua única moradia pelo donatário que morava com ele e por ele criado desde a infância. O doador foi acolhido por um vizinho.